Editorial – Boletim 247

Editorial – Boletim 247

Ao completarmos 1 ano de mandato no desempenho de cargos a que nos candidatámos e que mereceram os votos dos associados que nos elegeram, não em jeito de balanço, mas repensando o que aconteceu, ressalta o sentimento de que por devoção, não por obrigação, procurámos, da melhor forma que sabemos e podemos estar à altura de tamanha responsabilidade. Mas a ajuda voluntária de todos é, mais do que nunca, necessária!

Segundo os Estatutos está prevista a criação de grupos de trabalho que conjuntamente com a Direção colaborem no desenvolvimento de atividades inerentes aos objetivos consignados nos mesmos.

Está já em curso o processo de refiliação da APE na Federação de Ginástica de Portugal para que, interagindo com o IPE, sejam criadas condições para a prática desta modalidade desportiva a atletas dos 8 aos 80 anos de idade.

Este é já um exemplo de uma ação que contará com a colaboração de um Associado que, ao ser contatado neste sentido, não hesitou um segundo em dizer sim! Apraz-nos, pois, registar e manifestar o nosso reconhecimento ao Pilão Edgar Rui Mascarenhas Faustino (19530397).

Outras modalidades terão também que se seguir e, como tal, aguardamos e acreditamos que voluntários não faltarão. O Andebol também já foi ventilado e em tempos já nos chegou a informação de que existe essa possibilidade! Será só uma questão de passarmos à ação e levarmos à prática uma modalidade que fez história na APE.

O Boletim terá de ser outro exemplo e para tal colocámos recentemente, nas redes sociais da APE, o convite, tipo apelo, para o aparecimento de um Associado que se disponibilize a assumir a função de Editor.

Lembrando o que aconteceu comigo quando em 2009 fui convidado pelo Presidente da Direção então em funções, em que também não tive dúvidas em aceitar a responsabilidade pela edição e toda a gestão deste nosso órgão de informação, encontro-me agora em posição semelhante na procura de quem me substitua. Não será só porque se tratam de funções que não se coadunam com a responsabilidade do Presidente da Direção, mas também por uma questão de sobrecarga de tarefas e pela equidistância que deve existir entre o órgão Direção e a responsabilidade editorial que rege esta publicação. Até ao momento ainda não recebemos a resposta que procuramos, mas, mais uma vez, acreditamos vivamente que irá acontecer.

Entretanto, tendo pela frente mais dois anos de mandato e considerando os objetivos e programa com que nos submetemos a escrutínio em 2016, sentimos que ainda muito há pela frente para concretizar e cumprir.

Como a situação financeira da APE é bastante limitada para fazer face a tais objetivos, a Direção ponderou, discutiu e aprovou uma proposta para a atualização do valor das quotas para 55€ ano. Tal proposta foi levada a Assembleia Geral Extraordinária, no dia 27 de Novembro de 2017 e foi aprovada por maioria dos associados presentes.

Em termos materiais trata-se de um aumento que não chega a 15% e que é aplicado passados 4 anos desde a última atualização. Em termos de esforço, em relação ao orçamento de cada um, não chega ao preço de um café por mês. Estamos convictos que os Pilões Associados atentos e cooperantes, das atividades da nossa Associação, compreendem e respondem positivamente a este apelo!

Também na componente financeira vamos implementar, logo no início de 2018, o pagamento por Débito Direto. Trata-se de uma funcionalidade sugerida por muitos Associados que aligeira o método de pagamento das quotas de forma atempada.

Para fazer mais e melhor necessitamos e agradecemos o apoio e colaboração de todos os Associados não só neste esforço financeiro como também, tal como referimos acima, no surgimento de voluntários que nos ajudem a reativar modalidades e programas que já tiveram momentos muito bons e é nossa missão recuperar, desenvolver e colocar ao serviço de todos os associados e da comunidade “Pilónica” em geral!

 

Fernando Baptista Pires

19550275

 

 

 

 

X