Editorial Boletim 253

Editorial Boletim 253

Neste editorial quero dedicar as minhas palavras exclusivamente ao
projeto 42 do Orçamento Participativo da Câmara Municipal de
Lisboa.

Pessoalmente, tenho muitas e fortes razões para me sentir feliz e
recompensado pelo trabalho desenvolvido.

O mais importante está conseguido, mas o mais difícil falta realizar.

Temos um projeto, conseguimos o importante apoio financeiro que nos será concedido pelo Orçamento Participativo 2018-2019 da CML e vamos realizar uma obra de autoria de um Pilão, Professor, Académico da Sociedade Nacional de Belas Artes, Artista e Escultor, o António Jacinto Reis Vidigal (19470268), que com a sua arte, a sua dedicação Pilónica e
uma excelente inspiração é o pilar principal na edificação da “Estátua ao Pupilo do Exército”.

Por imposição do regulamento do concurso, a que nos habilitámos e ganhámos, com o maior número de votos, 5.591, a proposta foi apresentada a título individual e em boa hora assim aconteceu pois conseguimos concretizar um sonho acalentado por muitas gerações de Pilões.

Estamos felizes e estamos muito gratos a todos os que nos apoiaram com o seu voto, a todos os que divulgaram o nosso apelo, à Câmara Municipal de Lisboa, ao Instituto dos Pupilos do Exército e à Junta de Freguesia de São Domingos de Benfica que desde a primeira hora nos premiou com o seu apoio e incentivo na concretização deste sonho.

Teremos na Travessa de São Domingos de Benfica, bem perto da primeira secção do IPE, a estátua que homenageia a figura que somos todos nós Pilões e que é uma evocação de gratidão à casa onde fomos educados e formados para a vida.

2 de Junho, antes desta edição do Boletim chegar aos leitores, será o grande dia de comemoração do 87º Aniversário da Fundação da APE, de todos os Antigos Alunos do IPE e em que em confraternização vamos conviver e reviver o Instituto e tomar conhecimento mais detalhado deste projeto.

Lá estaremos

Fernando B. Pires

19550275

X